top of page

Rock In Rio anuncia “Dia Brasil” em meio a críticas nas redes sociais

A ausência de um dia dedicado ao heavy metal e a predominância de nomes do pop gerou críticas e questionamentos sobre a identidade do festival. Será que o Rock in Rio está abandonando o Rock?


O Rock In Rio sempre teve uma programação diversa, com espaço para diferentes gêneros musicais.

O Rock In Rio, anunciou hoje (29), que o dia 21 de setembro, será dedicado a música brasileira, o “Dia Brasil”. A primeira artista confirmada foi a cantora Ana Castela, que atualmente domina os topos das paradas musicais brasileiras. Além dela foi anunciado: Jorge Aragão, Alcione, Ludmilla, MC Livinho, MC Daniel, Chitãozinho e Xororó, Diogo Nogueira, Detonautas, Carlinhos Brown, Simone Mendes, Luísa Sonza, Rogério Flausino (Jota Quest), Baianasystem, NX Zero, Maria Rita, Mart'nália, Jão, Daniela Mercury, Pitty, entre outros.


No entanto, nem tudo são flores. Muitos internautas reclamaram da falta de Rock, questionando se o festival ainda faz jus ao seu nome. A ausência de um dia dedicado ao heavy metal, que era tradição em edições anteriores, também gerou críticas. Há quem argumente que, em um ano de comemoração dos 40 anos do Rock in Rio, era de se esperar um line-up mais rockeiro, levando em consideração aos outros anos, como a última edição de 2022 que pudemos contar com bandas como: Guns N' Roses, Billy Idol, Green Day, Fall Out Boy, Iron Maiden, Matanza Ritual, Ratos de Porão, Avril Lavigne e The Offspring.


“Quando vcs vão mudar o nome desse evento?”, escreveu um dos seguidores do festival. 


Em outro comentário, dizia: “se fosse no The Town era até compreensível pq tá começando e aí poderia ‘testar’ o público. mas justo nessa edição do Rock In Rio era esperado muito, muito mais!”


Lembrando que as críticas encontradas nas redes, não se refere diretamente ao "Dia Brasil" e sim, as outras datas com apresentações já confirmadas.


Mas será que o Rock in Rio está abandonando o Rock?


É importante lembrar que o festival sempre teve uma programação diversa, com espaço para diferentes gêneros musicais. Ao longo dos anos, o Rock in Rio já recebeu nomes como Stevie Wonder, Elton John, Prince, Michael Jackson, Madonna e Beyoncé, além de grandes nomes da música brasileira como Elis Regina, Milton Nascimento, Caetano Veloso e Gilberto Gil.


Embora o Rock tenha sido o gênero que deu origem ao festival, é visível e natural que a programação se adapte às mudanças do cenário musical e às demandas do público. O que talvez chame atenção de muitos é que, cada vez que se fala sobre bandas de fora que farão shows em solo brasileiro, os ingressos se esgotam em poucas horas, embora nos tops 10 dos aplicativos de músicas, os estilos musicais mais em alta no país, são outros e não o Rock.  


Mas também vale lembrar que o "Dia Brasil" é uma oportunidade para celebrar a riqueza da música brasileira em suas diversas vertentes, e o line-up que será anunciado em breve reúne grandes nomes que representam a diversidade da nossa cultura.

 
Banner divulgado pelo Rock In Rio. (Imagem: reprodução/ Instagram/ @rockinrio)

Banner divulgado pelo Rock In Rio. (Imagem: reprodução/ Instagram/ @rockinrio)

 

Confira como ficou o dia 21/09 - Dia Brasil


Palco Mundo


Rock: Capital Inicial, Detonautas, Nx Zero, Pitty, Rogério Flausino e Tony Garrido.


Sertanejo: Chitãozinho e Xororó, Orquestra Heliópolis, Ana Castela, Luan Santana e Simone Mendes.


MPB: Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Majur, Margareth Menezes e Ney Matogrosso.


Trap: Cabelinho, Filipe Ret, Kayblack, Matuê, Orochi, Ryan SP e Veigh


Palco Sunset


Pop: Duda Beat, Glória Groove, Jão, Ludmilla, Luísa Sonza e Lulu Santos.


Samba: Zeca Pagodinho, Alcione, Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Maria Rita e Xande dos Pilares.


Rap: Criolo, Djonga, Karol Conká, Marcelo D2 e Rael.


Global Village


Bossa Nova: Bossacucanova (participação de Cris Delano), Leila Pinheiro, Roberta Menescal e Wanda de Sá.


Soul: Banda Black Rio, Claudio Zoli e Hyldon.


Jazz: Léo Gandelman, Jonathan Ferr, Antônio Adolfo e Joabe Reis.


Espaço Favela


Funk: Livinho, MC Don Juan, MC Dricka, MC Hariel, MC Ig e MC PH.


Música Clássica: Nathan Amaral e Orquestra Jovem da Sinfônica Brasileira.


Baile de Favela: Buchecha, Cidinho e Doca, Funk Orquestra, MC Carol, MC Kevin O Chris e Tati Quebra Barraco. 


Texto por: Gabriela Vieira.

Imagem destaque: coletiva de impressa Rock In Rio. Reprodução/ Instagram/ @rockinrio.


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page